O LAGO DE CORUPUTUBA

A foto acima obtive em 1967 com a minha antiga Bieka. É o lago da Fazenda Coruputuba, em Pindamonhangaba.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Tarde na serra


Debaixo deste céu azul, em outras partes,
há gente e há pensamentos
e há sonhos sob essas nuvens brancas.

Sentimos no soprar desta brisa
soprarem os ventos de outros climas,
falando com outras árvores,
roçando outras relvas,
despetalando outras flores.

Iluminados por este sol
há, além dos horizontes, outros povos e mais cidades

e mais gente sonhando sob as nuvens brancas.

Há, descendo de outras serras, outros regatos
e mais pedras rolando em outros rios
e mais melancolias, e mais crepúsculos.

Há por toda a Terra nesta tarde
as vozes e os sonhos de todas as pessoas.

*  *  *

Poema de Paulo Tarcizio da Silva Marcondes
Livro “Terra Vegetal” – Reg. Biblioteca Nacional: 133.608
Fotos do autor (sendo que a segunda foto eu obtive com a minha já famosa Bieka em 1967, no Ribeirão das Oliveiras)