O LAGO DE CORUPUTUBA

A foto acima obtive em 1967 com a minha antiga Bieka. É o lago da Fazenda Coruputuba, em Pindamonhangaba.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Fala do Carpinteiro, no primeiro Natal


“Deu a luz ao menino na montanha.
Ficou feliz, mas não ficou contente.
Chora – e nunca vi uma dor tamanha –
e às vezes fala dele alegremente.

Desde que viu a linda luz estranha,
não conversa mais como antigamente.
Diz que essa luz – que eu não vejo – a acompanha
como ocorreu aos magos do Oriente.

Minha amada! Na sua cabecinha,
um arcanjo ilumina esta casinha
e a nossa história cumpre alguma lei...

Diz que será sempre uma virgem pobre,
que não sou pai, mas um amigo nobre,
e que o menino um dia vai ser rei...”

*     *     *     *

Poema de Paulo Tarcizio da Silva Marcondes