O LAGO DE CORUPUTUBA

A foto acima obtive em 1967 com a minha antiga Bieka. É o lago da Fazenda Coruputuba, em Pindamonhangaba.

terça-feira, 20 de março de 2012

Se Angra explodir...

Numa reunião de diretores de escola, o delegado de ensino nos explicou que ia ser constituída uma comissão de defesa civil visando a tomada de medidas no caso de um acidente nuclear em Angra dos Reis. A comissão seria formada por representantes dos diversos segmentos sociais (é assim mesmo que se escreve: segmento, com g mudo).
Faltava um representante da educação. Eu me ofereci. Só eu. Ninguém mais. Assim, fui relacionado para compor a comissão.
A partir daí, comecei a prestar atenção nos noticiários sobre problemas nucleares. Dediquei-me à leitura da descrição de reatores, propriedades do urânio e de outros metais pesados. Aprendi sobre resfriamento, varetas de controle, fissão nuclear...
Também me pus a estudar as vias de comunicação na região litorânea do Rio de Janeiro e de São Paulo. Não cheguei a perder o sono, mas fiquei preocupado com as maneiras de proceder à evacuação da população, em caso de acidente. Como fazer com as estradas litorâneas? Ficam congestionadas num simples feriadão! O que aconteceria se todos os moradores de Parati precisassem de repente fugir para o Vale?
 
Vocês conhecem a Parati-Cunha? Eu conheço. E afirmo: Não dá!
Quando comecei a usar o Google Earth, o meu estudo ficou mais fácil, vendo de cima a posição das cidades, dos bairros, das ilhas, dos rios... Verificando a altitude dos vários locais, pensando na altura de um tsunami, calculando as devastações.
Quando ficava sabendo de tragédias em outros lugares do mundo, mentalmente transportava o problema para a nossa região, tentava encontrar hipóteses de salvação.
Mas agora andei pensando melhor. Caramba. A reunião com os diretores de escola aconteceu em 1987. Até agora não saiu o meu nome no Diário Oficial como componente da comissão. Aposentei-me do cargo de diretor de escola há mais de treze anos. O delegado de ensino também. E a comissão nunca se reuniu, nestes anos todos. Aliás, a comissão jamais foi formada, ficou só naquela notícia vaga: ia ser formada uma comissão...
Quer saber de uma coisa, não vou mais ficar me preocupando não.
Deus nos livre e guarde! Que Angra continue funcionando direitinho, sem acidentes, sem necessidade de sair todo mundo fugindo. De qualquer forma, deixo bem claro para todo mundo: EU NÃO FAÇO PARTE DA COMISSÃO!
*     *     *
Texto de Paulo Tarcizio da Silva Marcondes
Foto Angra: http://areaseg.com
Foto Parati-Cunha: http://www.mochileiros.com